Home Economia Brasil Governo muda sistemática de definição de metas de inflação

Governo muda sistemática de definição de metas de inflação

0

A fixação deverá ocorrer até 30 de junho de 2017 para os anos de 2019 e 2020

O governo definiu em decreto publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira nova sistemática para a definição da meta de inflação e os respectivos intervalos de tolerância a serem fixados pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

O texto desta quinta atualiza os prazos para a definição das metas pelo CMN, mediante proposta do ministro da Fazenda.

Segundo o decreto, a fixação deverá ocorrer até 30 de junho de 2017 para os anos de 2019 e 2020, e até 30 de junho de cada terceiro ano imediatamente anterior para os anos de 2021 e seguintes.

Nesta quinta-feira, o CMN fará reunião extraordinária para definir a meta de inflação. O encontro será virtual. O ministro Henrique Meirelles e o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, darão entrevista em seguida para comentar a decisão.

A expectativa é que o governo reduza a meta de inflação para 4,25%. A meta atual, em vigor desde 2005, é de 4,5% ao ano, com uma tolerância de 1,5 ponto percentuais para mais ou para menos. Pelo sistema de metas atual, o CMN fixa a meta de inflação que deve ser perseguida pelo Banco Central

 

Carregar outros posts relacionados

Check Also

Seis filmes que ensinam sobre finanças pessoais

Um casal afundado em dívidas que após perder toda a fortuna que ganhou em um prêmio de lot…