Início Economia Brasil Mercado Financeiro Ações da ex-empregadora do atirador de Orlando despencam

Ações da ex-empregadora do atirador de Orlando despencam

0

Com queda de mais de 5%, papéis da G4S fecharam nesta segunda-feira em seu menor nível desde 2009

As ações da empresa de segurança G4S despencaram nesta segunda-feira na Bolsa de Londres, dois dias depois do ataque que matou 50 pessoas em uma boate na Flórida, nos Estados Unidos. A empresa era a empregadora de Omar Mateen, o atirador responsável pelos assassinatos.

Os papéis da companhia fecharam em baixa de 5,16%. Com o desempenho, eles terminaram a sessão negociados por 17,08 libras, seu menor valor de fechamento desde 2009.

O forte declínio das ações, segundo operadores, teve relação direta com o receio dos investidores de que a companhia passe a enfrentar dificuldades para ganhar contratos com o governo americano. Cerca de 20% de seus 610.000 funcionários estão nos Estados Unidos.

De acordo com a G4S, Mateen foi submetido a um controle de segurança detalhado quando ele foi contratado, em 2007, e novamente em 2013, em renovação desse escrutínio. A investigação não teve “resultados adversos”, segundo a empresa.

Esse é mais um teste delicado para a G4S. Em 2012, a empresa foi alvo de pesadas críticas por não ter conseguido recrutar e treinar pessoal suficiente para atuar na segurança dos Jogos Olímpicos de Londres. Soldados britânicos tiveram que assumir as funções que originalmente ficariam com os funcionários da G4S.

Neste ano, as ações da companhia acumulam perda de mais de 20%. Nos últimos doze meses, a baixa acumulada é de quase 40%.

 

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Governo zera impostos de importação sobre bens de capital e de informática

Benefício é concedido a itens que não têm produção nacional equivalente Brasília — A secre…