Início Economia Brasil Mercado Financeiro Bolsas europeias operam em alta, com comércio China-EUA e May no radar

Bolsas europeias operam em alta, com comércio China-EUA e May no radar

0

Por volta das 7h30 (de Brasília), o índice pan-europeu avançava 0,82%, a 376,86 pontos

São Paulo – As bolsas europeias operam com ganhos nas primeiras horas do pregão desta sexta-feira, com recuperação após a queda de ontem. Além disso, uma declaração de ontem do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a chance de um eventual acordo com a China que incluísse a Huawei é citado como fator positivo.

Investidores monitoram ainda a política do Reino Unido, após o anúncio da premiê Theresa May de que em breve deixará o posto, diante de seu fracasso para aprovar no Parlamento britânico o acordo da saída da União Europeia do bloco, o Brexit.

Por volta das 7h30 (de Brasília), o índice pan-europeu avançava 0,82%, a 376,86 pontos.

A cautela com as dúvidas sobre o comércio EUA-China continua a existir, mas a declaração de Trump ajudou a melhorar um pouco o humor. O presidente americano qualificou a Huawei como “perigosa”, mas disse que a companhia do setor de telecomunicações poderia ser incluída num acordo bilateral. Além disso, Trump confirmou a intenção de se reunir na próxima cúpula do G-20 com o presidente da China, Xi Jinping, no fim de junho no Japão.

Na Europa, a premiê Theresa May sucumbiu à pressão e anunciou que deixará o comando do Partido Conservador em 7 de junho. Enquanto não se escolhe um sucessor para ela na sigla, May seguirá como primeira-ministra. No mercado cambial, a libra chegou a subir com mais força logo após May anunciar sua saída em breve, mas depois perdeu um pouco de fôlego.

Ainda assim, manteve-se com ganhos. Além disso, continua a ocorrer a eleição para o Parlamento Europeu, importante para se verificar eventuais mudanças na configuração política do continente.

Na agenda de indicadores, as vendas no varejo do Reino Unido ficaram estáveis em abril ante março, quando analistas ouvidos pelo Wall Street Journal previam queda de 0,2%. Na comparação anual, as vendas cresceram 5,2%, ante expectativa de alta de 4,7%.

Entre as ações no radar dos investidores, Casino avançava 9,13% em Paris, após sua controladora Rallye entrar com proteção judicial contra credores. A avaliação é de que a própria Casino não é afetada por isso, como a própria empresa comentou em comunicado de ontem. Em Frankfurt, Deutsche Bank subia 0,97%, recuperando-se após quedas recentes, após mais cedo chegar a atingir nova mínima histórica.

Às 7h38 (de Brasília), a Bolsa de Londres operava em alta de 0,69%, Frankfurt avançava 0,88% e Paris, 0,91%. Em Milão, havia alta de 1,52%, Madri ganhava 0,97% e Lisboa, de 0,68%. No câmbio, o euro avançava a US$ 1,1189, quase estável ante o patamar de US$ 1,1184 do fim da tarde de ontem, e a libra subia a US$ 1,2703, de US$ 1,2656 ontem.

 

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

União promete pagar R$6 bi por ano a Estados que abrirem mercado de gás

Esta é a principal aposta do governo para que os governadores aceitem as medidas que força…