Início Economia Brasil Mercado Financeiro Cemig ganha tempo com decisão judicial e ações disparam na Bolsa

Cemig ganha tempo com decisão judicial e ações disparam na Bolsa

0

Decisão judicial suspendeu o leilão de quatro hidrelétricas que estava agendado para acontecer dia 27 de setembro

O mercado repercute a decisão judicial que suspendeu o leilão, que estava agendado para dia 27 de setembro, sobre as concessões de quatro hidrelétricas operadas pela estatal.

As hidrelétricas de Miranda, Jaguara, Volta Grande e São Simão somam 2,9 gigawatts em capacidade instalada e representam quase 50% do parque gerador da Cemig.

Com o leilão das concessões o governo pretende arrecadar 11 bilhões de reais. Entretanto, a Cemig afirma que os contratos dos empreendimentos lhe dariam a garantia de renovar automaticamente por mais 20 anos o período de exploração de ao menos três das hidrelétricas.

Na última semana, o diretor-presidente da companhia, Bernardo Alvarenga, chegou afirmar que o valor será pago ao governo, mesmo sem saber como.

“Temos que ver como vamos (pagar), precisamos urgentemente que o governo nos ajude com empréstimo bancário para honrar este compromisso, porque a Cemig não tem como fazer um levantamento da noite para o dia. Só agora que o governo aceitou essa questão…”, afirmou ele, em Minas Gerais, de acordo com áudio da entrevista repassado pela assessoria de imprensa da companhia à Agência Reuters.

Ontem, o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), disse que o governo está discutindo a situação da (Cemig) e que é importante que se construa uma saída que contemple tanto os pedidos de parlamentares mineiros, como a equipe econômica.

“A gente entende que é uma prioridade para Minas Gerais, mas também há necessidade de arrecadação e de equilíbrio do caixa do governo”, afirmou, no Palácio do Planalto.

Veja Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Governo zera impostos de importação sobre bens de capital e de informática

Benefício é concedido a itens que não têm produção nacional equivalente Brasília — A secre…